quarta-feira, 13 de abril de 2011

KUDO World Cup 2011. Rodionova (Russia) vs Goncalves(Brazil) 1/4 final.

Brazil - Sensei Carlos Torres and Rafael de Moraes

KUDO world Cup 2011. Almasi (Hungary) vs De Moraes (Brazil)

kudo France 2010

Camisa Daido

Tecnicas - Daido Juku

Tecnica - Daido Juku

Tecnicas - Daido Juku

Campeonato 2009

Imanges




Atletas no Brasil


Carlos Torres daido-juku Carlos Torres

Altura: 1,80m

Peso: 92kg

Categoria: 270











Carlos Torres daido-juku Bianca Gonçalves

Altura: 1,67m

Peso: 65kg

Categoria: 230











Carlos Torres daido-juku RICARDO FRAGA

Altura: 1,80m

Peso: 98kg

Categoria: 270








Carlos Torres daido-juku Gomes

Altura: 1,82m

Peso: 96kg

Categoria: 260











Carlos Torres daido-juku Joaquim Gomes

Altura: 1,74m

Peso: 78kg

Categoria: 250











Carlos Torres daido-juku Juarez

Altura: 1,82m

Peso: 120kg

Categoria 270











Carlos Torres daido-juku Flávio Nabeiro

Altura: 1,80m

Peso: 100kg

Categoria 270+











Carlos Torres daido-juku Rafael

Altura: 1,73

Peso: 75kg

Categoria 240











Carlos Torres daido-juku André Lima

Altura: 1,70m

Peso: 95kg

Categoria 260











Carlos Torres daido-juku Luiz Gustavo

Altura: 1,77m

Peso: 75kg

Categoria 250











Carlos Torres daido-juku Fernando Almeida

Altura: 1,90m

Peso: 95kg

Categoria 270+











Carlos Torres daido-juku Felipe Morais da Silva

Altura: 1,88m

Peso: 88kg

Categoria 270+











Carlos Torres daido-juku Wagner Luiz da Silva

Altura: 1,80m

Peso: 72kg

Categoria 250











Carlos Torres daido-juku Douglas Camargo Giordani

Altura: 1,72m

Peso: 81kg

Categoria 250











Carlos Torres daido-juku Welinton

Altura:

Peso:

Categoria 240











Carlos Torres daido-juku Rodolfo Pires de Andrade

Altura: 1,70m

Peso: 80kg

Categoria 250






Equipamentos

KIMONO OU DOGUI: Os competidores de Daido Juku utilizam kimonos típicos do Kyokushin (com calças mais longas e mangas muito mais curtas que os kimonos de Judô), no Daido Juku são permitidos duas cores de dogui, o tradicional branco e o de cor azul, para diferenciar os competidores nas lutas.

LUVAS: Luvas típicas de MMA as quais cobrem os punhos, o dorso das mãos, as articulações metacarpo-falangeanas e falanges proximais.

COQUILHA: Protetor genital visando a integridade física dos lutadores.

CAPACETE: Um capacete de espuma nas laterais, parte posterior e superior da cabeça com um protetor anterior (facial) forjada em acrílico para prevenir cortes e fraturas da face e do crânio devido a socos, cotoveladas e cabeçadas. É este capacete que permite aos lutadores de Daido Juku socar e acotovelar a face dos seus oponentes, algo que não é permitido em variantes mais populares de outros estilos de Karate de Combate. Este capacete é jocosamente conhecido fora dos círculos de Daido Juku como "capacete espacial".

Histórico do Daido Juku Kudo

Daido Juku, também conhecido como Karate-do Daido-Juku, mais tarde como Kakuto Karate Daido Juku, é uma organização de artes marciais fundada, em 1981, por Azuma Takashi. Azuma, originalmente, um campeão de Karate Kyokushin de 1977, se desligou da Organização Kyokushin para formar a DaidoJuku na cidade de Sendai, localizada em Honshu do Norte, Japão. Daido Juku, que traduzida de forma literal significa "O Grande Caminho", incorporou técnicas que não estavam presentes até aquele momento nos estilos de Karate de Contato. Naquele tempo, sendo um faixa preta de terceiro dan em Judô bem como um faixa preta de quarto dan em Karate Kyokushin, Azuma criou uma arte marcial híbrida, não restrita às fronteiras de um único estilo, que utilizava técnicas de várias artes marciais, especificamente, ao tempo de sua criação em 1980: Karate e Judô. No final dos anos 80 e início dos anos 90 o estilo começou a incorporar várias técnicas do Boxe, Jiu Jitsu, Sambô e outras artes marciais, afinando cada técnica para o uso no Daido Juku. Tendo em mente a elaboração de um estilo de luta versátil e realista que não comprometesse a segurança dos seus praticantes, um dos objetivos fundamentais do Daido Juku, Azuma criou um estilo que incorporou várias técnicas, tanto defensivas quanto ofensivas, que incluem socos na cabeça, cotoveladas, cabeçadas, projeções de Judô, chaves de Jiu-Jitsu e outras técnicas de lutas no chão e em pé. Em 1981, o Daido Juku fez sua estreia pública no "1981 Hokutoki Karate Championships", também conhecido como "Hokutoki".
Originalmente conhecido como Karate-do Daido Juku e depois KakutoKarate Daido Juku, o nome do estilo foi, inevitavelmente, modificado para reconhecer suas técnicas únicas e heterodoxas como uma arte marcial misturada. Em 2001, na conferência oficial realizada pela Daido Juku, o fundador Azuma Takashi e o presidente da DaidoJuku, N.P.O., renomearam aarte marcial misturada Budo paraKudo. Esta renomeação permitiu ao Kudo a oportunidade de se tornar um esporte oficial da Japanese Cultural Budo, a mesma categoria do Judô, Aikidô e Kendô. Kudoe Daido Juku são marcas registradas e todos os seus instrutores e chefes de filiais são certificados pela Kudo International Federation, também conhecida como K.I.F.
Azuma, atualmente, é faixa preta de oitavo dan em Daido Juku, título conferido pelo quadro de diretores da Daido Juku e faixa preta de oitavo dan em Kyokushin, título conferido pelo Shihan John Bluming.

No Brasil, a Organização Daido Juku iniciou seus trabalhos oficialmente em agosto de 2008, com o Seminário Internacional contando com a presença do Mestre “Jukucho” Azuma Takashi, onde foi conferida a autorização e certificando o Sensei Carlos Torres como representante oficial da K.I.F. Daido Juku Brasil, sua matriz, atualmente, está situada na cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.



Daido Juku






tags:daido juku kudo, brasil, arte marcial